Informações da página

Você está em: Página Inicial > Extensão > Ações de Extensão - Inscrições e Informações

Início do conteúdo

Ações de Extensão 2017

INSCRIÇÕES PARA CURSOS DE EXTENSÃO.

 

 

- II Semana Acadêmica da Engenharia Química IFRS Campus Feliz

Coordenadora: Nicéia Chies da Fré

Resumo: A II Semana Acadêmica da Engenharia Química IFRS Campus Feliz é um evento anual com data definida no calendário acadêmico do curso. O público alvo é composto principalmente pelos acadêmicos do curso de Engenharia Química, bem como pela comunidade interessada. O objetivo desta ação de extensão é propiciar integração entre estudantes, professores, profissionais da área de engenharia química e a comunidade em geral, tendo como característica a oferta de um conjunto de atividades. A programação do evento consistirá de palestras com profissionais da área, realização de oficinas e debates a fim de proporcionar aos futuros engenheiros químicos trocas de conhecimentos e experiências.

Período: 2 de outubro

Inscrições: 18 a 29 de setembro

Link para inscrição: https://goo.gl/forms/w6yfo55FxkCzYkgj1

 

 

- Manejo de resíduos sólidos por meio de mini-compostagem ecológica

Coordenadora: Suyanne Angie Lunelli Bachmann

Resumo: Com o crescimento populacional houve também um aumento na geração dos resíduos sólidos urbanos. A decomposição dos resíduos origina um líquido de coloração escura e mau cheiroso denominado chorume, um poluidor potencial do solo e do lençol freático. A maior parte dos resíduos sólidos domiciliares é constituído por matéria orgânica, que quando tratado e descartado de forma adequada minimiza impactos ambientais e financeiros. Um alternativa simples e de baixo impacto econômico é a compostagem. Para tanto, pesquisas bibliográficas tem sido realizadas, objetivando definir e testar a técnica mais adequada para o manejo dos resíduos orgânicos de modo a eliminá-los/tratá-los direto na fonte aonde são gerados e, ainda, aproveitar o húmus (produto da compostagem) na elaboração de horta comunitária. Diante do exposto, objetiva-se estender as ações do projeto para a comunidade externa, por meio da realização de cursos teórico-práticos, abrangendo aspectos econômicos, sociais e principalmente, ambientais, de forma a contribuir para o desenvolvimento sustentável.

 

Três turmas (15 vagas/turma): 1) 19/09/2017 / 2) 17/10/2017 / 3) 11/11/2017

Inscrições:

  • Turma 1: 09 a 18/0917
  • Turma 2: 10 a 16/10/17
  • Turma 3: 01 a 10/11/17

Inscrições

 

 

 

- Arte e técnica na fotografia digital

Coordenador: Eloir De Carli

Resumo: O curso tem por objetivo abordar, através de uma visão abrangente e integrada, aspectos relativos à utilização de métodos, processos criativos e técnicas na obtenção e processamento de imagem. O curso pode servir como um diferencial que influencia positivamente na inserção no mercado de trabalho ou como um fator de inserção social. O curso busca também desenvolver os aspectos fundamentais da Fotografia, abrangendo as formas de visualização e composição da imagem bem como técnicas de obtenção fotográfica e criação artística. A metodologia é constituída de um curso presencial de 20h. No curso o participante adquire os conhecimentos básicos de Fotografia e edição de imagens além de noções de fotografia artística. O curso será presencial, com 4 encontros de 5 horas, com aulas teóricas e práticas sobre técnicas de obtenção de imagens fotográficas, enquadramento, composição, fotografia artística e edição de imagens. As aulas do curso irão ocorrer no IFRS campus Feliz. Ao final do curso será realizado uma exposição fotográfica das principais imagens capturadas pelos alunos durante o curso. A exposição pode despertar nos participantes o gosto pelas artes e a iniciação de atividades ligadas a fotografia.

 

Turma única: Início em 14 de setembro de 2017 (20 vagas)

Inscrições: 11 a 14 de setembro

 

 

- Liberdade, Igualdade e Brasilidade: Os desafios da inclusão

Coordenadora: Ubaldininha da Costa Torres Luize

Resumo: O Projeto Liberdade, Igualdade e Brasilidade: os Desafios da Inclusão pretende dar voz aos excluídos: mulheres que sofrem caladas com a violência doméstica, mas que não constam nas estatísticas até que se tornem mais um número, vítimas de Feminicídio; aos adolescentes que pouco discutem sobre sexualidade e gênero, por vergonha ou falta de oportunidade; aos negros que sonham com o Ensino Superior, mas ainda são minoria nas Universidades brasileiras;e aos deficientes físicos e mentais que, em pleno Século XXI, sofrem preconceito. A ação 'Da Violência Doméstica ao Feminicídio: o Vale do Caí em Dados' vai levantar os números desta realidade e torná-los públicos, na esperança de que essas mulheres falem com sua própria voz; o 'Curso de Educação Inclusiva Primeiros Passos' visa capacitar profissionais aptos a acolher Pessoas com Necessidades Especiais em suas escolas, comunidades e sociedade, quebrando barreiras atitudinais e físicas, em nome da inclusão e do fim do preconceito. O ciclo de debates/palestras Papo de Inclusão tem por objetivo criar a oportunidade, para a comunidade em geral, de ouvir, refletir e interagir com profissionais de diferentes formações sobre os temas abordados acima. Somente é possível lutar pelos Direitos Humanos quando se conhece esses direitos: Liberdade e Igualdade são fundamentais para que o ser humano possa usufruir de sua plenitude como tal.

 

- Feliz em Movimento

Coordenadora: Vivian Treichel Geisel

Resumo: Trata-se de um projeto de atividades variadas abrangendo tópicos como: fisiologia do exercício; nutrição no exercício; saúde e movimento, além de exercícios para a manutenção da qualidade de vida. Cada tópico será abordado de formas variadas e com duração condizente com o aprofundamento dado ao tema e com as necessidades de intervenção prática associadas ao mesmo. É um projeto destinado ao público que deseja aprimorar seus conhecimentos em assuntos relacionados ao tipo de exercício ideal para cada necessidade. Além disso, serão disseminadas em todas as atividades do programa os aspectos nutricionais referentes à proposta de exercício físico adotada. Propõe-se que seja estimulada a prática de exercícios físicos através da aquisição de conhecimentos teóricos e da própria prática orientada. Como forma de estimular os participantes será sempre mantida a teoria de uma alimentação saudável, associada ao exercício, condizente com a melhoria dos parâmetros de saúde e prevenção de doenças.

 

- Reutilização de óleo vegetal residual para produção de sabão líquido e glicerinado

Coordenadora: Alessandra Smaniotto

Resumo: Óleos vegetais são amplamente utilizados para a preparação de alimentos; no entanto, em muitos casos, essa substância se torna inutilizável para fins alimentícios após o seu uso. O descarte inadequado de óleo pode gerar entupimentos em tubulações, além da poluição de solos e águas. Uma possibilidade simples, ambientalmente amigável e economicamente viável para reutilização desse resíduo é como matéria-prima para a produção de sabões e sabonetes, os quais podem ser líquidos ou sólidos. O sabão sólido ainda pode ser do tipo opaco ou glicerinado. A produção de sabão sólido opaco foi estudada previamente, com a oferta de oficinas que ensinaram os princípios químicos, consciência ambiental e quesitos de segurança. Resultados importantes de pH, proporção ideal dos reagentes e inserção de aroma natural foram alcançados. Nessa nova etapa de projeto pretende-se desenvolver sabão líquido e sabão glicerinado. Para tanto pesquisas bibliográficas e estudo da proporção e tipos de reagentes serão investigados. Obtendo-se um produto com a textura adequada, o pH será analisado. O conjunto de conhecimentos adquiridos possibilitará a oferta de cursos para comunidade externa por meio da realização de oficinas. As oficinas poderão ser realizadas no Campus, bem como de forma itinerante, desde que requerida dessa forma. Nesse sentido, o presente projeto visa adquirir conhecimentos para estabelecer uma proposta de reutilização desse resíduo, por meio da produção de um produto com propriedades atraentes, o qual abrangerá aspectos econômicos, sociais e ambientais incluídos na esfera do desenvolvimento regional sustentável.

 

- A nossa VOZ: Precisamos falar sobre Feminismo

Coordenadora: Michele Mendonça Rodrigues

Resumo: A escola, tradicionalmente, apresenta-se como local de reprodução de ideais estruturados de uma cultura patriarcal e essencialmente excludente. Entretanto, o espaço escolar pode ser utilizado de maneira a abalar tais ideais, tornando-se um lugar de enfrentamento e de possível contra-hegemonia para as discussões de gênero. Assim, a escola pode adquirir um caráter transformador dos sujeitos e da sua relação com a diversidade de gênero. A partir dessa ideia inicial, consideramos que combater desigualdades a fim de construir uma sociedade mais justa, é uma demanda de primeira necessidade. Pensando nisso, o presente projeto visa - através da oferta de oficinas - promover espaços de diálogo e construção coletiva de conhecimento, conscientização e mobilização acerca de questões relacionadas com o movimento Feminista, tais como as conquistas Feministas e o espaço da mulher na sociedade ao longo da história, os elevados índices de violência ligada à desigualdade de gênero e, claro, a resistência e combate ao machismo. Como mecanismo de enfrentamento, o projeto propõe fomentar o protagonismo juvenil feminino como ferramenta de resistência e mobilização.

 

- Ceramicando na Escola 2017

Coordenadora: Viviane Diehl

Resumo: O projeto de extensão traz à tona os modos de ver e pensar a cerâmica e sua potencialidade educativa, numa proposta para o desenvolvimento de ações compartilhadas com as escolas da região do Rio Caí, RS, Brasil, atendidas no ano de 2016, e que requerem a continuidade. O interesse reverbera em proporcionar aos educandos uma aproximação com a cerâmica, de modo a viabilizar na prática, a realização de todo o processo técnico cerâmico no próprio espaço das escolas. A modelagem, a secagem, o preparo da peça para a queima e a realização desta, inspiram experimentações em métodos alternativos. A abordagem educacional referente à inclusão das relações étnico-raciais africana e indígena, no currículo escolar, abarca conteúdos da história e da arte, especialmente no que tange a implementação da Lei No 11.645/2008. Desse modo, o projeto tem por objetivo dar continuidade ao desenvolvimento ações extensionistas que promovam a visibilidade da cerâmica contextualizando abordagens curriculares da educação para as relações étnico-raciais, com os alunos da educação básica, por meio de ações que proporcionem experiências no campo da cerâmica, ampliando o conhecimento sobre a formação intercultural do povo brasileiro. A metodologia da proposição estético-pedagógica se desenvolve nas oficinas, palestras e exposições, no espaço das escolas e do IFRS - Campus Feliz. A cultura cerâmica e sua potencialidade educativa oportuniza uma experiência perceptiva singular e sensível aos participantes, viabiliza a produção cerâmica no espaço das escolas e contribui para o reconhecimento da responsabilidade social e da interculturalidade que constitui o povo brasileiro.

 

- Artistando

Coordenadora: Viviane Diehl

Resumo: O projeto ?Artistando? alia arte, artesanato e design, com atenção estética, criativa e produtiva, de modo a contemplar o desenvolvimento sustentável e a integração com aos arranjos produtivos locais, sociais e culturais. O reconhecimento da formação intercultural do povo brasileiro proporciona problematizações no âmbito da cultura, especialmente, da cultura material. A proposta surge do interesse em ampliar as ações extensionistas para mais áreas do contexto das artes plásticas, para uma educação que desperte a curiosidade, abandonando as obviedades na produção do conhecimento. Sendo assim, o objetivo do projeto é promover modos de pensar a interculturalidade, problematizando aspectos da arte, do artesanato e do design, por meio de ações para instigar o processo de criação inventiva, oportunizar vivências teóricas e práticas, técnicas e artísticas, cujas experiências construídas e compartilhadas significativamente, educam para a vida. Visitas técnicas, exposições e oficinas integram o contexto metodológico, no qual compreendemos a proposição e a participação nas ações desenvolvidas com os participantes da comunidade, como geradoras de conhecimento. As oficinas movimentam as experimentações para uma interação compartilhada, operada com a arte, o artesanato e o design, na proposição estético-pedagógica, que pode qualificar a geração de trabalho e renda. Esta proposta vai revisitar a cultura e o envolvimento com formas de expressão e produção material, para além do que é vivido cotidianamente. Portanto, o participante vivencia experiências nos campos da arte, do artesanato e do design, amplia o saber fazer contextualizado e estabelece relações e significações para o reconhecimento intercultural.

 

- IFRS Soluciona - desenvolvendo consultorias organizacionais

Coordenadora: Cristina Ceribola Crespam

Resumo: Trata-se da segunda edição do projeto ?IFRS Soluciona - desenvolvendo consultorias organizacionais?, que visa prestar consultoria organizacional a entidades sem fins lucrativos de cunho social atuantes na área de abrangência do IFRS - Campus Feliz, possibilitando a aplicação do conhecimento acadêmico construído nos cursos da instituição em prol do desenvolvimento técnico, científico e social da região. Na primeira edição do projeto, após a seleção de uma entidade, foi desenvolvido um plano estratégico, pela equipe do projeto. O plano estratégico apresentou a análise ambiental, o estabelecimento das diretrizes organizacionais e a formulação de estratégias, de acordo com as informações compartilhadas de modo deliberado pela entidade. Com base nas estratégias sugeridas, a entidade beneficiada apresentou interesse em desenvolver com maior profundidade uma das estratégias apresentadas, relacionada à área de marketing. Com a continuidade deste projeto espera-se desenvolver as estratégias e ações de marketing, a fim de auxiliar a entidade a se manter atuante para que possa contribuir ainda mais para o desenvolvimento social da região. Já como resultado para a instituição, espera-se promover uma maior aproximação com a comunidade, divulgando os cursos e estreitando laços para a proposição de novas ações no futuro.

 

- Curso de Direito do Consumidor

Coordenador: Matheus Milani

Resumo: O Curso de Direito do Consumidor fornece os instrumentos teóricos e práticos para que os alunos do IFRS- Campus Feliz e membros da comunidade externa compreendam este ramo do Direito e saibam interpretar e aplicar a legislação, tanto na posição de consumidores, como na de fornecedores de bens e serviços. Também fornece conhecimentos para que o aluno, ao atuar no mercado de trabalho, possa orientar a empresa empregadora para o correto cumprimento da legislação. As aulas são dialogadas-expositivas, com utilização do quadro e de projetor, com análise da legislação e de cases que permitam vislumbrar a concretização deste ramo do Direito. Busca-se com isso uma formação mais ampla dos discentes do campus, bem como a concretização da cidadania com a conscientização de seus direitos e deveres, dentro de uma sociedade permeada pelo consumo.

 

- Minicurso de Gerenciamento de Projetos

Coordenador: Matheus Milani

Resumo: O Minicurso de gerenciamento de projetos promove o aprimoramento do conhecimento através da aplicação de ferramentas e padrões para o gerenciamento de projetos internos ou externos, ajudando os profissionais a aumentar a probabilidade de sucesso em seus projetos. Tem como objetivo fornecer a profissionais e futuros profissionais ligados às áreas estratégicas, operacionais e responsáveis por projetos, conhecimento na estrutura de gerenciamento de projetos, ferramentas e técnicas, através da aplicação de práticas utilizadas dentro da estrutura do PMI (Project Management Institute), com base no conteúdo do guia PMBOK. As aulas são presenciais, realizadas no Campus Feliz do IFRS, contando com colaboradores externos.

 

- SEMTEC-Semana Acadêmica dos Cursos técnicos e tecnológicos do IFRS/Campus Feliz.

Coordenadora: Ocinéia de Faria

Resumo: A SEMTEC - Semana Acadêmica dos Cursos Técnico em Meio Ambiente, Superior de Tecnologia em Processos Gerenciais e Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas é um evento anual, que vem consolidar o calendário acadêmico e trazer a vanguarda dos estudos e da produção científica, técnica e tecnológica nas áreas abrangidas pelos cursos. O evento consiste num ciclo de palestras, oficinas, debates e trocas de experiências com a finalidade de sensibilizar e envolver os futuros profissionais em relação às questões próprias das suas áreas, como são apresentadas e como, a luz do debate, são entendidas e melhor solucionadas. Os egressos da instituição terão uma oportunidade de atualização e a comunidade externa poderá se aproximar do Campus e percebê-lo com um polo disseminador do conhecimento e impulsionador do desenvolvimento da Região.

- Período: 02 a 03/06/2017

- Divulgação e inscrições: 17 a 29/05/2017

 

- Contação de histórias

Coordenadora: Elisa Marchioro Stumpf

Resumo: O projeto consiste em realizar oficinas de contação de histórias para o público visitante da Feira do Livro da cidade de Feliz, composto em grande parte por alunos das escolas da região. Essa ação tem três objetivos. O primeiro é divulgar, na comunidade local, o curso de Licenciatura em Letras - Português/Inglês bem como o próprio Instituto, através de materiais impressos, bem como caracterização do espaço destinado ao Instituto no local da feira. O segundo objetivo é oferecer a oportunidade aos alunos do curso para colocar em prática conceitos e competências trabalhados em diversos componentes curriculares, especialmente no que diz respeito às formas de dinamização da leitura de textos literários. Por fim, busca-se também mobilizar os alunos para a importância do incentivo à leitura nos anos iniciais de escolarização na formação de leitores.

- Período: maio/2017

- Inscrições: não se aplica

 

- III Semana Acadêmica das Licenciaturas

Coordenadora: Dolurdes Voos

Resumo: A terceira Semana Acadêmica das Licenciaturas é um evento voltado ao compartilhamento e à multiplicação de saberes relacionados às áreas de Letras e Química. O objetivo desta ação de extensão é proporcionar momentos de reflexão, discussão e vivências de práticas pedagógicas com vistas a aprofundar os conhecimentos do públicoalvo composto pelos acadêmicos dos cursos de Licenciatura em Letras e Química, egressos dos cursos técnicos do IFRS Campus Feliz, bem como pela comunidade interessada (professores, alunos do magistério, gestores e demais profissionais ligados à educação). A metodologia consistirá na oferta de palestras com profissionais da área de Educação, bem como oficinas para aprofundamento teórico e posterior aplicação dos conhecimentos mobilizados nas áreas de Letras e Química. Os resultados previstos nesta ação de extensão englobam a oportunização de uma formação complementar para os acadêmicos dos cursos envolvidos, assim como o aprofundamento e a atualização de conhecimentos a todos os participantes.

- Período: 09 a 10/06/2017

- Inscrições: maio/2017

Final do Conteúdo Ir para as informações da Página

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Câmpus Feliz

Rua Princesa Isabel, 60 | Bairro Vila Rica | CEP: 95770-000 | Feliz - RS

E-mail: comunicacao@feliz.ifrs.edu.br | Gabinete: gabinete@feliz.ifrs.edu.br | Telefone: Lista de Telefones