Informações da página

Você está em: Página Inicial > Comunicação > Notícias

Início do conteúdo

Servidores decidem por aderir à greve nacional da rede federal de ensino

Os servidores do Campus Feliz decidiram, em reunião realizada na manhã de hoje (06/09), através de votação, pela adesão ao movimento nacional de greve da rede federal de ensino. O documento oficial de deflagração da greve no Campus Feliz foi entregue pelo Comando de Greve do Campus na mesma noite ao Diretor-Geral do Campus, professor Luís Carlos Cavalheiro da Silva, atendendo à legislação que exige a comunicação formal com antecedência mínima de 72 horas. Desta forma, a partir da próxima segunda-feira (12/09), o Campus Feliz inicia sua paralisação, com a suspensão do calendário acadêmico.

 

Entre as reivindicações do movimento nacional de greve estão:

 

Destinação de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) à Educação Pública

  • Hoje, o Governo investe apenas 3% do orçamento nessa área.

 

Contra o Sucateamento do Ensino Público Federal Gratuito

  • O projeto de expansão do governo prevê centenas de novas unidades sem destinar verba para infraestrutura e contratação de profissionais capacitados.
  • No Campus Feliz existem projetos de implantação de novos cursos engavetados que barram nas questões de infraestrutura, orçamento e pessoal.
  • Há também o problema relacionado à situação do Campus, que foi federalizado em 2008 como Núcleo Avançado do Campus Bento Gonçalves. Agora, mesmo considerado Campus, não faz parte dos projetos de expansão da rede Federal - o que resulta na indefinição da situação do Campus em relação à orçamento.

 

Cumprimento de acordos firmados e não cumpridos pelo Governo Federal

  • Existem acordos firmados entre o Governo Federal e os servidores da Educação que, por exemplo, desde 2005, ainda não foram cumpridos, como step de 5%, progressão docente.

 

Reajuste Emergencial de 14,67%

  • Para recompor as perdas salariais dos últimos 3 anos, período em que os servidores não obtiveram aumento, e a soma da inflação, segundo a FGV, alcançou 15%.

 

Durante a paralisação, os servidores do Campus estarão atuando em 50% das suas atividades de rotina, e nas demais horas se envolverão nas ações definidas pelo Cronograma de Greve, que será divulgado na próxima sexta-feira, neste site. Dentre as atividades previstas estão ações de mobilização com alunos e comunidade.

 

No dia 22/09 está marcada uma nova reunião com todos os servidores do Campus para avaliar a continuação ou suspensão do movimento. De acordo com o Sinasefe, até o dia 31 de agosto, 225 campi de institutos federais já haviam aderido à greve.

 

Veja no arquivo abaixo os principais itens da pauta de reivindicações apresentada pelos servidores da Rede Federal de Educação, representado pelo Sindicato.

Veja mais

Final do Conteúdo Ir para as informações da Página

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Câmpus Feliz

Rua Princesa Isabel, 60 | Bairro Vila Rica | CEP: 95770-000 | Feliz - RS

E-mail: comunicacao@feliz.ifrs.edu.br | Gabinete: gabinete@feliz.ifrs.edu.br | Telefone: Lista de Telefones